sábado, 3 de maio de 2008

Uma pequena análise...

Acabei de ler que o custo total de desenvolvimento do Grand Theft Auto IV passou de 100 milhões de dólares.

A produção do jogo levou cinco anos de desenvolvimento, sendo que eram 220 funcionários na Rockstar North e uma equipe de 1000 pessoas no total. Detalhe: os 220 empregados trabalhavam 12 horas por dia, praticamente sem férias.

Putz, trabalhar 12 horas por dia, durante 5 anos, sem férias ?!?!?!? Isso é um absurdo. Eu, como trabalhador, fico indignado com uma situação dessas. Não importa se as horas extras foram pagas e as férias vendidas, se é que foram mesmo, a situação não deixa de ser um absurdo. Funcionário algum vai produzir bem desse jeito. Isso é quase um trabalho escravo.

Eu sou analista de sistemas e sei que, infelizmente, a nossa área está sujeita a "tempestades", que, em alguns casos, nos obrigam a fazer muitas horas extras, trabalhar em finais de semana, adiar férias, e coisas do gênero. Isso é causado por uma série de fatores. Porém, na minha opinião, tudo gira em torno da gerência de projetos. É por causa dela que esses absurdos podem ou não acontecer. Ter uma equipe coesa, na qual o conhecimento está disperso, e não concentrado em poucos membros, é primordial p/ evitar esse tipo de coisa. Além disso, é essencial ter um gerente que saiba negociar prazos e entregas, sem "abrir as pernas" para o cliente, sabendo diferenciar prazos absurdos de prazos viáveis, evitando sacrificar a equipe.

Vou fazer uma pergunta agora, e não me venham com argumentos do tipo "ah, mas o jogo tinha que ser lançado logo por uma razão Y da vida", pois, para mim, nada justifica isso. Então, eu pergunto: que tipo de gerente de projetos será o da Rockstar North ?

3 comentários:

Euler disse...

Putz... esse gerente de projeto do GTAIV precisa dar uma olhada no PSDS hehehehe

Marcelo disse...

Pois é rsrs

James disse...

Huhauhauhauhauhauha, assim a indústria de videogame vai à falência.